Ouro Verde - 1ª Temporada
(ONZA ENTERTAINMENT)
2017 | Portugal | 110 episódios
Dublado HD
Drama, Romance
Jorge Monforte é dono do império Ouro Verde (Brasil), um dos líderes mundiais no mercado agro-pecuário. Bilionário, acaba de adquirir uma importante participação no Banco Brandão & Fonseca (BBF), uma empresa familiar liderada pelo poderoso banqueiro português Miguel Ferreira da Fonseca, O que não passa pela cabeça de ninguém é que Jorge Monforte seja a nova identidade de Zé Maria Magalhães, dado como morto há 15 anos atrás, que volta agora para fazer justiça pela morte da sua família.
Direção:
Hugo de Sousa
Conteúdo exclusivo para membros
Membro Videoclub
Assiste por R$0,00
Assine agora
.
Conteúdo gratuito
Episódio 01 (49 min)
O «Coronel» Jorge Monforte chega ao Brasil e vê as notícias sobre a parte que adquiriu no BBFF. Miguel, presidente do conselho de administração do banco, fica a saber que o novo sócio é dono do império «Ouro Verde». Jorge reconhece Bia numa manifestação junto à sua fazenda. Quinze anos antes… Jorge era Zé Maria, que vê o pai ser preso, acusado de roubar o banco de Miguel. Este manda matar o pai de Zé Maria, mas toda a família é morta. Zé Maria passa meses em coma e acorda amnésico.
Conteúdo gratuito
Episódio 02 (48 min)
Pede ajuda a Miguel, sem saber que ele mandou matar a família. Zé Maria conhece Bia, a filha de Miguel. O encanto é mútuo. Bia ajuda Zé Maria e lava-o a casa. Miguel dá dinheiro a Pezão para acabar com Zé Maria. Bia descobre que o rapaz esqueceu o saco no carro dela e vai devolver-lho, mas acaba por salvar-lhe a vida, pois chega no momento em que Pezão o tenta matar. Zé Maria diz a Bia que tem de fugir. Bia oferece-se para levá-lo até Madrid. Os dois sofrem um acidente a caminho de Madrid, mas Bia garante-lhe que ele há-de chegar à capital espanhola.
Episódio 03 (50 min)
Em Madrid, Bia e Miguel envolvem-se. Miguel vê Pezão em Madrid, no seu encalço e dá o fio com a medalha de São Jorge quando se despede de Bia no aeroporto. Miguel parte sem Bia. Zé Maria chega ao Rio de Janeiro e hospeda-se numa pensão, onde faz amizade com o bicheiro Josildo. Zé Maria sobrevive de biscates. É assaltado e perde o contacto de Bia. Zé Maria vê Miguel num hotel de luxo e conta a Josildo, que lhe arranja uma identidade nova. Agora é Jorge Monforte.
Episódio 04 (48 min)
Josildo forja um falso velório de Zé Maria para convencer Miguel da morte deste. Zé Maria sai do Rio para ir ter com Cavalcantti, um fazendeiro que salvou dum sequestro. Zé Maria descobre que Bia deixou Madrid. Bia está no Rio e procura Zé Maria. Josildo leva-a ao cemitério e diz-lhe que Zé Maria morreu. Zé Maria pede boleia a um camionista, que se quer aproveitar dele, mas Zé Maria prefere ficar na beira da estrada. Bia chora junto da suposta campa de Zé Maria, sendo consolada por Josildo. Zé Maria dorme na beira da estrada. Zé Maria apanha boleia noutro camião, que o deixa perto da fazenda Ouro Verde.
Episódio 05 (50 min)
Cavalcantti celebra o reencontro com o rapaz. Bia tenta matar-se no mar, mas é salva por Edu. Mónica apanha uma camisa de Miguel manchada de batom e ameaça divorciar-se e levar os filhos. Seguindo conselhos de Cavalcantti, Zé Maria pesquisa na net e acaba por encontrar Bia em fotos com Miguel. Zé Maria aprende a manobrar o gado, perante o ar de gozo de Laurentino, Edson e o peão. Laurentino fica enfurecido ao saber que Zé Maria continua a ser o preferido do padrinho. Sabota a ração normal, colocando-lhe plantas venenosas. Zé Maria sai sozinho com o gado e este morre quase todo. Cavalcantti perdoa o rapaz, aumentando frustração de Laurentino.
Episódio 06 (48 min)
Bia recebe um telefonema do Edu que a vem visitar e os dois envolvem-se. Laurentino coloca uma bomba a bordo do jato. Jasmisbraun coloca-se no meio da pista para evitar que a aeronave levante em voo. Jamisbraun informa que há uma bomba a bordo. Zé Maria luta com Laurentino, que escapa. Zé Maria decide tornar-se um peão a sério. Passam dez anos e Jorge (atual nome de Zé Maria) tornou-se num autêntico coronel. Em Lisboa, comemoram-se cem anos do BBFF e Miguel assume a presidência. Cavalcantti morre nos braços de Jorge. A história volta à atualidade, onde Bia não reconhece Jorge, que continua a pensar nela. Jorge mostra a fazenda a Edu, Bia e aos jornalistas, defendendo que não agride o ambiente. Nenem quer saber porque Jorge lhe escondeu que Bia é a filha do homem que o mandou matar.
Episódio 07 (49 min)
Jorge diz a Nenem que não sabe se Bia não está ali a mando do pai e Nenem alerta-o para os perigos que corre. O interesse de Jorge em Bia é cada vez mais notório. Mónica desmaia durante o jantar e é internada. No hospital, Tiago diagnostica-lhe doença de Crohn e diz-lhe que ela tem de parar de trabalhar. Bia sai para correr e perde-se na fazenda. Edu é levado para o hospital de helicóptero com dengue hemorrágica.
Episódio 08 (49 min)
Jorge e os peões procuram Bia, que está perdida e desorientada. Miguel discute com Mónica por ter escondido a doença. Bia é encontrada e Jorge fica aliviado. Nessa noite, Jorge e Bia fazem amor. Bia, pelas cicatrizes no corpo, reconhece Jorge como sendo Zé Maria. Furiosa, Bia atira-lhe o medalhão acima e pede que a levem da fazenda, mas Jorge consegue impedi-la de ir embora. Zé Maria diz que teve que se transformar em Jorge para não morrer. Ele e Bia fazem as pazes. Miguel recebe uma coroa de flores para si e Otelo diz-lhe que faz quinze anos que a família de Zé Maria morreu. Miguel acha coincidência.
Episódio 09 (49 min)
Gonçalo entrevista um traficante na favela e tenta escapar a uma troca de tiros entre a polícia e traficantes. Miguel diz a António que andam a roubar dinheiro do banco, mas vai apanhar o ladrão. Pezão e dois homens raptam Mafalda e atropelam Salvador. Salvador é levado para o hospital, onde tem de ser operado. Mónica é avisada e corre para o hospital. Miguel e António vão ao hospital, onde Miguel fica a saber do rapto de Mafalda, mas pede que não contem a Mónica. Jorge leva Bia a dar um passeio de barco pelo rio e a nadar com botos.
Episódio 10 (49 min)
Miguel pede a Otelo que faça o impossível para saber se Bia está em segurança. António rouba dinheiro do cofre do irmão. À noite, ao jantar, Jorge diz-lhe que se vai mudar para Lisboa. Miguel fica a saber que Bia foi vista pela última vez na fazenda Ouro Verde. Mafalda tenta arrombar a porta da cave onde está presa. Jorge diz a Bia que vai meter os responsáveis pela morte da família na cadeia e Bia diz-lhe que, afinal, ele vai voltar para Lisboa por vingança. Joaquim descobre a matrícula do carro que entregou a coroa, mas não encontra mais nenhuma pista. Lúcio quer que acordem Salvador do coma, mas Tiago e Mónica recusam-se a isso.
Episódio 11 (49 min)
Bia fica a saber o que se passou com Mafalda e Salvador. Jorge e Nenem embarcam com Bia, de imediato, para Lisboa. Salvador é acordado do coma a pedido de Miguel, mas entra em convulsão após abrir os olhos. A equipa médica consegue estabilizar Salvador. Mónica quer saber como é que aquilo aconteceu ao filho, mas ninguém sabe, nem se vai deixar sequelas. António tira dinheiro do cofre de Miguel, certificando-se que é filmado. Todos estranham que os raptores tenham ligado para António, que jura que falou com Mafalda e que ela lhe pediu para obedecer. Miguel e Otelo não ficam muito convencidos. Bia chega ao hospital para ver o irmão e Tiago fica encantado com ela. A família Ferreira fica aliviada com a chegada de Bia.
Episódio 12 (50 min)
Jorge comparece na reunião de acionistas e fica frente a frente com Miguel. Jorge diz a Miguel que lamenta o que se passa com a família dele, oferecendo solidariedade. José comparece à reunião e Amanda recorda quando, há 16 anos, José terminou o caso que tinha com ela em prol a família. Cláudia descreve o possível raptor. Joaquim encontra-se com Otelo e os dois acham que pode ser Pezão, lançando-se na caça ao homem. Mónica fica de rastos quando vê os exames de Salvador.
Episódio 13 (48 min)
Hadja fica a saber que tem um tumor na laringe. Jorge fica à rasca quando Miguel lhe diz que sabe que ele conheceu a sua filha Bia. Bia gela quando a mãe lhe descreve o suspeito do rapto. Jorge finge-se surpreendido por saber que Bia é filha de Miguel, que o estuda afincadamente. Bia deixa mensagem a Jorge, dizendo que precisa falar-lhe. Hadja diz a Tiago que aceita tratar-se, com a condição de Jéssica não saber de nada. David apresenta a nova estratégia de marketing do banco aos acionistas. No final da reunião, Jorge pede a Miguel que o veja como um parceiro de negócios. Joaquim vai à cata de Pezão.
Episódio 14 (50 min)
Mónica fala a Miguel do possível raptor com a cicatriz no rosto. Lúcio avisa Joaquim que encontraram o suspeito e segue para uma morada com vários agentes, enquanto Joaquim se dirige a outra. Bia fica a saber pelo pai que Jorge é o novo acionista do banco. Bia questiona Jorge por que é que nunca lhe contou aquilo. Jorge acaba por contar a Bia que o pai dela mandou matar a família dele. Mas Bia não acredita e Jorge pede-lhe tempo para arranjar provas para fazer justiça. Pezão ouve bater à porta e agarra numa arma. Cláudia é chamada à PJ. Miguel diz a Otelo que têm que apagar Pezão antes que ele fale. Jorge diz a Nenem que Bia vai dar-lhe o tempo que precisa e Inês diz a Bia para confiar em Jorge. A mulher de Pezão chega a casa e encontra o marido morto, com o filho a chorar junto do corpo. Joaquim entra em casa de Pezão disposto a matá-lo, mas encontra-o morto. Cláudia diz a Lúcio que prenderam o homem errado.
Episódio 15 (50 min)
Gonçalo segue Lúcio até casa de Pezão e consegue fotografar o rosto deste. No dia seguinte, a fotografia de Pezão vem estampada no jornal, para choque de Jorge, que não sabe mais o que pensar. Jorge mostra a foto no jornal a Bia, acusando-a de ter ido contar tudo ao pai. Miguel e Otelo questionam-se sobre quem mais teria interesse em matar Pezão. Bia nega a Jorge ter falado com o pai e ele não entende a morte de Pezão, mas pede tempo a Bia. Mafalda continua em cativeiro e os raptores questionam-se se não é melhor matá-la e desaparecerem. Salvador começa a melhorar.
Episódio 16 (49 min)
Miguel fica furioso quando Jorge pede uma reunião para analisar as contas. Otelo garante não haver nada que os comprometa. Os raptores de Mafalda recebem uma chamada do chefe que quer encontrar-se com eles. Lúcio resolve interrogar novamente as pessoas e fica a saber da coroa fúnebre por Amanda. Bia fica a saber que a origem dos grandes donativos para a associação vêm do estrangeiro. Os raptores são surpreendidos com a chegada de Otelo, que os encara de arma na mão. Otelo diz aos raptores que está fora de questão saírem do esquema e oferece-lhes mais dinheiro. Jorge diz a Nenem que tem de ir à fazenda resolver de vez os assuntos com Laurentino. Mónica diz a Inês que Sol está com anemia, mas vão ter de esperar o resultado do resto dos exames.
Episódio 17 (49 min)
Bia fica a saber que há dinheiro sujo a entrar na associação e tem uma forte discussão com Miguel, que a acusa de ser mimada. Bia corta a parceria entre o banco e a associação. Gonçalo consegue instalar uma aplicação no telemóvel de Lúcio. Bia entra no carro com segurança, sem desconfiar que este é um dos raptores da irmã. Jorge fica a saber por Arnaldo da história da coroa de flores, que acha que Miguel esconde alguma coisa. O raptor, disfarçado de segurança, chama o comparsa e diz que tem uma ideia para Bia, mas este não alinha. Miguel diz a Tomás e a Mónica que não há bancos a sobreviverem sem dinheiro sujo. Otelo diz a Mónica que ainda a ama. Rita e António não conseguem ter sexo.
Episódio 18 (49 min)
A gafieira é inaugurada e Hadja consegue cantar, para rejúbilo do público e emoção do próprio cantor. O raptor, disfarçado de segurança, abre o gás em casa de Bia até a deixar inconsciente, mata o comparsa e leva Bia consigo. O raptor liga para casa de Miguel, deixando a família em alerta. Lúcio vai imediatamente para lá. Jorge viaja para o Brasil. Bia acorda ao lado de Mafalda. Joaquim é chamado para investigar o caso do raptor encontrado morto em casa de Bia. Cláudia descobre que Hadja tem cancro. Gonçalo controla todos os seus passos através da aplicação no telemóvel.
Episódio 19 (49 min)
O raptor exige um milhão de dólares pelas duas miúdas e combina que entrega primeiro uma. Otelo oferece-se para ir levar o dinheiro. Joaquim segue o sinal GPS do relógio de Bia. O raptor leva Mafalda para desespero de Bia. Miguel e Mónica ficam furiosos e perplexos ao ver a notícia do desaparecimento de Bia nas notícias. Nenem avisa Jorge, que fica desesperado. Rita discute com Miguel, que a põe na rua. Joaquim entra no galpão para resgatar Bia, sem dar conta que Gonçalo o segue e filma tudo. Otelo prepara-se para entregar o dinheiro ao raptor. Mafalda liberta-se deste, Otelo trava o raptor e Mafalda cai, batendo com a cabeça numa pedra. O raptor é morto por agentes da PJ. Joaquim liberta Bia.
Episódio 20 (49 min)
Miguel discute com Bia por causa de Jorge, quando aparecem Lúcio e Otelo que informam a família da morte de Mafalda. Toda a família Ferreira da Fonseca fica em choque. Nenem diz a Jorge que Bia pode pensar que ele está envolvido no sequestro e ele decide voltar para Lisboa no dia seguinte. Miguel cogita a hipótese de tudo o que se está a passar ser uma vingança por causa da morte dos pais de Jorge. Mónica sente-se mal e é levada para o hospital. Jorge consegue que Bia o atenda e diz que teve muito medo de a perder. Edson diz a Jorge que roubaram os bois de Laurentino. Salvador acorda do coma. Jorge prepara-se para sair da fazendo, quando Laurentino e os seus homens aparecem de espingarda em punho. Jorge enfrenta Laurentino e Jorge declara-lhe guerra, caso o outro não o deixe em paz.
Episódio 21 (50 min)
Tiago examina Salvador e percebe que Salvador não sente a mão direita. Salvador quer saber de Mafalda, mas a irmã mente-lhe, dizendo que Mafalda viajou após ter sido libertada. Mónica pede a Otelo que a ajude a descobrir quem está por detrás daquilo tudo. Lúcio diz a Joaquim que só vai descansar quando encontrar o mandante de tudo. Lúcio conclui que os códigos no caderno de Pezão correspondem a datas. Jorge aparece no velório de Mafalda, abraça Bia e Miguel quer saber o que é aquilo.
Episódio 22 (50 min)
Jorge dá as condolências a Miguel. Jorge diz a Bia que desiste da vingança por ela e beija-a. Miguel apanha-os em flagrante. Cláudia fica aflita por Salvador não sentir a parte direita do corpo. Tiago explica-lhe o estado dele e Salvador fica abatido com receio de não voltar a tocar piano. Lúcio e Joaquim investigam o caderno de Pezão. Salvador fica a saber que Mafalda morreu. Jorge diz a Miguel que ele e Bia namoram, mas Miguel recusa-se a aceitar o namoro. Jorge diz a Nenem que jamais desistirá da vingança. Bia discute com Miguel e quer saber o que é que ele tem a ver com a morte dos Magalhães. Miguel diz a Bia que ela está a delirar em relação àquela história, mas a filha não fica muito convencida.
Episódio 23 (49 min)
Bia vai ter com Jorge, que reitera que é capaz de desistir da vingança pelo amor deles, o que deixa Nenem preocupada. Miguel e Mónica choram de emoção ao ver vídeos caseiros de Mafalda e Salvador em crianças. Joaquim avisa Otelo que Lúcio está a investigar todos os crimes de Pezão, deixando Otelo gelado. Valéria surpreende Tiago, dizendo-lhe que vai ser pai. Salvador aparece no enterro de Mafalda, fazendo um discurso emocionado sobre a irmã. Edu fica chocado ao ver Jorge beijar Bia.
Episódio 24 (49 min)
Jorge vê António a ser ameaçado pelo agiota e fica intrigado, enquanto Bia diz a Edu que ele não tem nada a ver com o namoro dela. Anabela denuncia Leonel a Tiago pelo que aconteceu com Salvador. Tiago é implacável com Leonel. Judite vê a notícia de três explosões em Londres e fica aflita por causa do filho. Miguel diz a Otelo que têm de dar um sumiço em Lúcio e que Joaquim é a pessoa ideal para isso. Gonçalo quer saber para quem Arnaldo trabalha, mas Jorge proíbe-o de dizer. Tiago diz a Bia que Salvador foi acordado intencionalmente por alguém que sabia que o podia matar e ela quer saber quem fez isso. Bia fica em choque quando sabe que Miguel acordou Salvador e lhe provocou a segunda hemorragia cerebral.
Episódio 25 (49 min)
Mónica fica descontrolada ao saber, pela filha, o que Miguel fez a Salvador. Jorge mal disfarça a satisfação quando Bia lhe diz que dificilmente conseguirá olhar para a cara do pai. Amanda diz ao Padre Sebastião que a morte de Mafalda pode estar relacionada com as negociatas de Miguel. Miguel e Mónica têm uma valente discussão e ela expulsa o marido do quarto.
Episódio 26 (49 min)
Guilherme e Henrique contam a Salvador o que o pai dele fez. Otelo diz a Mónica que há uma coisa sobre Miguel que ela precisa de saber. Salvador fica em choque ao saber o que aconteceu. Otelo manipula Mónica contra Miguel, mas, em seguida, diz ao amigo que vai ser muito complicado ele recuperar a confiança de Mónica. Bia visita Salvador, que está muito revoltado com o pai. De manhã, Bia vê Jorge muito abatido e ele diz que a mãe faria sessenta anos naquele dia se fosse viva. José fica a saber o que Miguel fez e acha que o filho foi longe demais. Rita sugere ao sogro que tire Miguel da presidência do banco.
Episódio 27 (48 min)
Inês e Gonçalo ficam a saber que Sol tem um tumor maligno nos rins. Amanda descobre Jorge em frente ao jazigo dos Magalhães. Amanda reconhece Zé Maria e abraça-o, deixando-o emocionado. Amanda diz a Jorge que quer saber tudo da vida dele. Miguel conversa com Salvador e tenta convencer o filho que ele tomaria a mesma decisão se estivesse nas suas mãos a possibilidade de salvar Mafalda. Salvador fica confuso, recusando-se a falar com a mãe Após conversa com Padre Sebastião, José questiona Miguel sobre o real estado do banco. Salvador diz a Bia que não sabe se o pai não tem razão. Amanda diz a Jorge que guardou documentos que podem comprometer Miguel, mas fica sem reação ao ver que os documentos desapareceram. Jorge quer saber o que tinham e Amanda afirma que eram provas contra Miguel que foi colecionando ao longo dos anos.
Episódio 28 (49 min)
José diz a Miguel que quer uma auditoria no banco, mas com auditores por si contratados. Otelo fica preocupado quando sabe disto. Inês e António estão cada vez mais envolvidos. Miguel é ostracizado em casa. Bia vai jantar com Jorge, que nega ter qualquer envolvimento na morte de dois ativistas, ainda que esteja a ser investigado.
Episódio 29 (49 min)
Jorge reencontra Vera e ela fala do aborto que ele lhe pediu para fazer no passado. Jorge diz a Vera que gostou dela, mas ela não acredita. José avisa Mónica que pessoas como eles não se divorciam. Rita critica António por dar apoio a Miguel. Bia, furiosa, vai correr e encontra Edu, que a procura, bêbado, e a beija à força, fazendo-a gritar por socorro. Jorge diz a Arnaldo para afastar Edu do seu caminho. Jorge convida Bia para passarem uns dias fora e pede-lhe que confie nele. Bia acaba por dizer que confia. Edu e Valéria arranjam um esquema para separar Jorge e Bia.
Episódio 30 (48 min)
Salvador diz a Mónica que compreende a atitude do pai. Arnaldo coloca um saquinho com pó branco na mala de Edu. Otelo diz a Miguel para não estar preocupado com Jorge. Jorge diz a Bia que adora que ela seja idealista. Jorge diz a Arnaldo que está satisfeito com o seu trabalho com os tipos do jornal e com Edu. Os amiguinhos de Henrique no hospital querem organizar-lhe uma festa de anos. Bia e Inês pedem a Gonçalo que tentem encontrar a mãe de Henrique. Jorge diz a António que o ajuda com os agiotas, porque ele é o homem certo para o banco. Miguel fica a saber que Lúcio descobriu mais uma data relacionada consigo.
Episódio 31 (48 min)
Vera recorda o momento em que mentiu a Jorge, dizendo que tinha abortado, e o nascimento do filho de ambos. Edu descobre que o pó branco é cocaína e livra-se dela, quando a polícia judiciária lhe invade o quarto, mas não encontra nada. Lúcio vai a casa de Ramos de Almeida, mas constata que o homem está demente. Miguel convida Mónica para terem um jantar de tréguas. Edu procura Jorge, a quem diz que as coisas não vão ficar assim. António confessa-se ao Padre Sebastião, que lhe sugere que aceite a ajuda de Jorge. Miguel surpreende Amanda a jantar com o pai. Otelo visita Ramos de Almeida e, usando a força, exige que este lhe diga onde estão os documentos que o comprometem a ele e Miguel.
Episódio 32 (48 min)
José e Amanda ficam surpreendidos por Miguel, que recusa o convite do pai para jantarem juntos. Miguel diz a Mónica que o pai está, de certeza, a sacar informações à secretária. José diz a Amanda que ainda estão a tempo de viver a história de amor deles, mas Amanda diz que é demasiado tarde. Amanda chama padre Sebastião a casa, que lhe diz para aproveitar o amor. Mónica e Miguel discutem, mas acabam na cama. Rita insinua-se a Tomás, que reencontra Catarina na festa da gafieira. Vera chega deslumbrante à festa da gafieira e Bia fica a saber por Jéssica que Vera e Jorge foram namorados no passado. Bia quer saber por que é que Jorge não lhe contou do namoro com Vera, mas ele diz que foi um caso sem importância, afirmando que Bia é a mulher com quem sonhou casar.
Episódio 33 (49 min)
Valéria incentiva Vera a lutar por Jorge. Salvador tem alta do hospital e reage mal ao chegar e ver a casa adaptada para um deficiente físico. Otelo mal disfarça a raiva quando Miguel lhe diz que se reconciliou com Mónica. Miguel ameaça Amanda caso ela não lhe seja leal. Jorge almoça com José, que diz ao fazendeiro que o quer na presidência do banco. Otelo leva Mónica a casa de Ramos de Almeida para lhe mostrar algo contra Miguel. Otelo apresenta Ramos de Almeida a Mónica, que lhe conta que Miguel foi responsável pela morte dos Magalhães. Jorge insiste com José que António deve ser o responsável pelo BBFF. Vera marca encontro com Jorge no escritório deste. Valéria simula um aborto, sem perceber o alívio que provoca a Tiago. Tomás acusa o pai e as suas negociatas de serem responsáveis por tudo o que aconteceu à família. Otelo pede a Mónica que não envolva o seu nome junto de Miguel.
Episódio 34 (50 min)
Mónica pergunta a Miguel se o nome Ramos de Almeida lhe diz algo. Vera vai ao encontro de Jorge, dizendo ter algo muito importante para lhe contar. Mónica acusa Miguel de ter mandado matar os Magalhães, mas Miguel arma-se em vítima, embora não convença a mulher, que lhe pede que saia de casa. Vera declara-se a Jorge e insiste em ficar com ele, mas Jorge não cede.
Episódio 35 (48 min)
Valéria dá apoio a Vera, enquanto Nenem diz a Jorge que o melhor para este era ficar com Vera. Inês expulsa António de casa, afirmando que não quer ser sua amante. Gonçalo rouba o caderno de Pezão a Lúcio. Miguel sai de casa e fica hospedado em casa do irmão. Miguel diz a Otelo que resolve ele próprio o problema de Ramos de Almeida Pai, que é encontrado morto por estrangulamento pelo filho. Vera tem pesadelos com o filho e consulta-se com Francisco, dizendo que precisa encontrar a criança.
Episódio 36 (50 min)
Mónica surpreende José ao dizer-lhe que Miguel saiu de casa. Lúcio não encontra o caderno de Pezão, quando é chamado para investigar o homicídio de Ramos de Almeida. Valéria aceita ir como fisioterapeuta de Salvador, prometendo a Vera que vai separar Bia e Jorge. A notícia da morte de Ramos de Almeida deixa Miguel e Mónica em choque. Edu recebe Laurentino. Arnaldo diz a Gonçalo e Lemos que eles vão poder entrevistar o filho de João Magalhães, Zé Maria, que sobreviveu ao massacre da família. Gonçalo diz a Lemos que aquela vai ser a notícia da sua vida, enquanto Jorge não conta a Arnaldo que é Zé Maria. Vera vai a casa de Valéria agradecer a disponibilidade e tem um encontro incomodativo com Vera. Jorge diz a Nenem que vai revelar ao mundo que Zé Maria está vivo, mas que ninguém ficará a saber que é ele. Edu e Laurentino selam um acordo para destruir Jorge.
Episódio 37 (50 min)
Mónica acusa Miguel de ter matado Ramos de Almeida e pede o divórcio. Mónica sente-se mal e Salvador leva-a para o hospital. Jorge todo vestido de preto, olha-se ao espelho, dizendo a si mesmo que a vingança vai começar a sério. Jorge testa a sua voz num aparelho, que a deixa irreconhecível. Ramos de Almeida Júnior lê a carta que o pai lhe deixou. Gonçalo e Lemos são informados da marcação da entrevista de Zé Maria. Arnaldo aparece em casa de Ramos de Almeida Júnior, que o ameaça com uma arma, e decide ir entregar a carta à polícia.
Episódio 38 (50 min)
Joaquim pede a Arnaldo que impeça Ramos de Almeida Júnior de chegar com a carta à polícia. Ramos de Almeida Júnior entrega uma cópia da carta ao Padre Sebastião e é atropelado acidentalmente por Rita. No hospital, Miguel e Otelo ficam a saber que a carta está com Tiago. Miguel e Otelo combinam tirar a carta a Tiago. Gonçalo também tenta alcançar a carta, mas não consegue.
Episódio 39 (51 min)
Lúcio decide ir procurar Alberto Rodrigues ao banco, mas não encontra ninguém com aquele nome. Sol e Nadine estão preocupadas com a mãe de Henrique, mas Gonçalo diz que não a consegue encontrar. Margarida está de volta a Lisboa. Miguel finge um desmaio para que Otelo roube a carta do gabinete de Tiago. Padre Sebastião guarda a carta e fica muito perturbado ao lê-la. Ramos de Almeida Júnior sente-se mal após um enfermeiro lhe dar o jantar. Padre Sebastião queima o original e a cópia da carta. Anabela descobre Ramos de Almeida Júnior morto.
Episódio 40 (51 min)
Vera não aguenta ver o clima entre Bia e Jorge, e vai embora para casa. Jorge liga a Vera, dizendo que a amou muito e pensa muitas vezes em como seria o filho deles. Os dois choram, sozinhos. Lúcio e Joaquim são informados da morte de Ramos de Almeida Júnior. Mónica garante a Miguel que só não o entrega à polícia por causa dos filhos. Lúcio e Joaquim interrogam Padre Sebastião, que revela ter-lhe sido pedido que destruísse a carta. Disfarçado e através de videochamada, Jorge prepara-se para dar a entrevista a Gonçalo como Zé Maria. Lemos e Gonçalo fazem perguntas para averiguar a identidade de Zé Maria, que acusa Miguel de ser o responsável pela morte da sua família, ainda que não tenha provas concretas.
Episódio 41 (51 min)
Padre Sebastião mente a Lúcio e Joaquim, dizendo que lhe foi pedido que destruísse a carta, além de ilibar Miguel pelos crimes do passado. Miguel fica a saber do teor da conversa e acha tudo estranho, pedindo a Otelo que vigie o padre, até porque é filho duma prostituta e não é parvo nenhum. Vera procura Bia e as duas têm uma conversa franca, acabando amigas. Gonçalo procura Miguel no banco para lhe falar de Zé Maria. Gonçalo a Miguel se ele mandou matar os Magalhães. Miguel nega todas as acusações que lhe são feitas e, juntamente com Otelo, ameaça acabar com o jornal caso publiquem algo. Lemos informa Gonçalo que vão avançar com a publicação. Bia entrega a medalha de São Jorge a Henrique para ele a guardar enquanto está fora.
Episódio 42 (49 min)
Gonçalo flerta com Rita no final de uma aula de ioga. Rita janta com o marido e diz-lhe que Mónica deve ter arranjado alguém para se querer divorciar, quando Mónica aparece com Otelo para jantar. Amanda diz a José que um jornal vai publicar uma notícia a acusar Miguel da morte dos Magalhães. José fica em choque com a notícia e diz a Amanda que aquilo pode significar o fim do banco.
Episódio 43 (48 min)
Otelo ameaça Lemos com uma arma. Gonçalo fica a saber que o diretor foi ameaçado e põe Lúcio a par disso. José pede ajuda a Jorge, que diz que a solução é tirar Miguel da presidência antes da publicação da entrevista. Miguel fica furioso ao saber que Mónica foi jantar fora com Otelo, que se declara à médica. Otelo diz a Miguel que a providência cautelar foi aceite. Gonçalo aciona o alarme de incêndio para evacuar toda a gente e impedir que sejam notificados pelo tribunal para poderem publicar a entrevista. Os trabalhadores saem do edifício do jornal. Lemos dispensa toda a gente, exceto o designer gráfico. Miguel avisa Mónica que o divórcio deles será litigioso. Lemos, Gonçalo e o designer fogem de Otelo, enfiando-se num táxi. Miguel nega todas as acusações que lhe são imputadas pelo pai. José, diante de Jorge e António, diz a Miguel que ele deve renunciar à presidência do banco.
Episódio 44 (49 min)
Hadja incita Cláudia a lutar pelo amor de Salvador e esta aparece em casa do rapaz, que se prepara para viajar. Gonçalo, Lemos e o designer escondem-se em casa de Lúcio para preparar a publicação do jornal. Jorge revela a Bia que José quer afastar Miguel da presidência do banco. António revela a Rita que vai ser presidente do banco, mas acaba em casa de Inês com quem se envolve. Miguel tenta a todo o custo que o dono do jornal lho venda, mas não consegue. Paula expulsa Gonçalo e Lemos, que acabam por se esconder em casa de Hadja para não serem notificados.
Episódio 45 (51 min)
Amanda conta a José que Miguel mandou matar os Magalhães. Mónica fala com José sobre a responsabilidade do marido na morte de Ramos de Almeida. Jorge vê as notícias e Nenem fica a saber que Josildo está metido naquela história, dizendo que não vai acabar bem. Miguel manda cortar todas as linhas de crédito ao dono do jornal. O escândalo espalha-se por todo o lado.
Episódio 46 (50 min)
Otelo e Miguel andam à bulha, mas Miguel garante que vai continuar a lutar, para satisfação de Otelo. Otelo fica surpreendido com a segurança que Miguel demonstra para enfrentar tudo o que se está a passar. Jorge manda cortar as comunicações da fazenda para Bia não ter acesso a nada. Gonçalo descobre que Inês dormiu com António. Rita diz à família que lhe raptaram o marido. Jorge pede Bia em casamento. Sérgio entra na conta de Skype de Lemos e descobre que ele falou com Josildo.
Episódio 47 (48 min)
Miguel promove Paula no banco, pedindo-lhe que passe a espiar o marido. Lúcio informa Miguel que será intimado oficialmente para ser ouvido na PJ. Bia aceita o pedido de casamento de Jorge. Vera tenta convencer Tiago a aliar-se a ela para separar Jorge e Bia, mas ele nega. Inês vê a entrevista de Zé Maria e deixa uma mensagem a Bia.
Episódio 48 (50 min)
António pede o divórcio a Rita. Miguel expulsa José e o filho, Tomás, do banco. Na fazenda, Edson concerta a Internet e Valéria liga a Vera a avisá-la que Jorge pediu Bia em casamento. O telemóvel de Bia dá sinal de que recebeu a mensagem de Inês. Miguel propõe a Gonçalo que o ajude a descobrir quem o quer tramar, oferecendo-lhe uma grande quantia de dinheiro. Ao voltar ao jornal, Gonçalo mente a Lemos. Bia vê a mensagem de Inês e acusa Jorge de não ter limites, mas este diz que não tem nada a ver com aquilo. Miguel dá uma entrevista em direto para o país, dizendo que vai processar o jornal e deixando a família de pés e mãos atados, ao ponto de José perceber que não o pode demitir da presidência do banco. A entrevista impressiona toda a gente. Miguel garante a Otelo que nada o vai deter. Bia diz a Jorge que não haverá casamento. Jorge implora a Bia que não desista do casamento, mas ela não cede, dizendo que a vingança será sempre mais importante para ele.
Episódio 49 (50 min)
Valéria percebe o clima entre os dois e liga a Vera, que rejubila com a tensão entre Jorge e Bia. António leva Rita para o hospital, prometendo aos filhos que não se vai divorciar da mãe deles. Gonçalo alerta Inês para o facto de tipos como António não se divorciarem. Hadja sente-se mal e Jéssica leva-o para o hospital, exigindo que Tiago lhe conte o que se passa com o marido.
Episódio 50 (49 min)
Bia arruma as suas coisas e Jorge implora-lhe que fique. Miguel instala-se num hotel de luxo. Bia acorda e Jorge pede-lhe que mude de ideias, mas ela recusa. Jorge e Bia conseguem convencer Salvador a ficar na fazenda. Valéria avisa Vera que acha que Bia e Jorge acabaram. Inês fica destroçada ao ver a mensagem de António, que tranquiliza Rita ao dizer-lhe que desistiu do divórcio. Miguel vai almoçar a casa do pai, como se nada se passasse, deixando a família incrédula. António e Inês encontram-se no hospital.
Episódio 51 (49 min)
Jorge diz a Arnaldo que Zé Maria vai falar com a polícia. Gonçalo e Lemos rejubilam com a notícia. Gonçalo avisa Miguel. Jorge diz a Nenem que quem vai aparecer é Zé Maria e não ele. Jorge diz a Nenem que vai contratar um ator para se passar por Zé Maria, garantindo que Miguel não sairá impune da morte dos seus pais. Arnaldo avisa Lemos e Gonçalo que Zé Maria se apresentará na quarta-feira. António conta a Inês que Rita se tentou matar. Rita volta para casa e marca uma aula com Inês. António tem uma conversa com o pai, que lhe revela que a mãe também se tentou matar e foi refém a vida inteira de um casamento infeliz. Mónica diz a Bia que ela não pode desistir do casamento por causa do pai.
Episódio 52 (48 min)
Edson avisa Jorge que viu Edu com Laurentino e que devem andar a tramar alguma coisa. Bia exige que Mónica lhe conte o que esconde e a mãe revela-lhe que Miguel é um assassino, mas Bia não se quer convencer disso. Jorge recebe o engenheiro Marcelo, a quem pede para transformar o seu negócio em algo ecológico, não importando quanto custa. Valéria acorda com Edu e Laurentino em arranjar algo que comprometa Jorge, com Laurentino a dizer que ela será bem recompensada.
Episódio 53 (51 min)
José convida Amanda para almoçar e ela diz ao Padre Sebastião que tem medo de se magoar. Mónica vai jantar a casa de Otelo. Bia diz a Inês que não sabe o que fazer da sua vida. Miguel acaba de jantar com Vera, dizendo-lhe que já não se lembrava do verdadeiro Miguel, enquanto Mónica dança com Otelo e se entrega a esta. Por debaixo da aparência de David, esconde-se um corpo de mulher, que, na realidade, é Catarina. No dia seguinte, Vera recebe flores de Miguel e fica com a cabeça nas nuvens. Hadja é operado. Sol sai do hospital e os amigos ficam muito tristes. Bia está cada vez mais confusa sobre o que fazer, enquanto Jorge diz a Marcelo que o amor mudou a sua vida.
Episódio 54 (50 min)
José pede Amanda em casamento. Otelo deixa num banco de um jardim um envelope com as impressões de Zé Maria, que um homem alto recolhe. Jorge diz a Nenem que é o grande dia. Bia procura ajuda de Padre Sebastião, que tanto defende Miguel como o amor dela por Jorge. Miguel diz a Otelo que foi uma grande ideia ter contratado um falso Zé Maria. O rapaz contratado por Miguel aparece na PJ a passar-se por Zé Maria e afirma que o pai foi o responsável pela morte da família. Lúcio fica estarrecido ao ver aparecer um outro «Zé Maria», que conta toda a história, ouvindo as respostas que Jorge lhe dita.
Episódio 55 (50 min)
Joaquim avisa Miguel e Otelo que apareceram dois Zé Marias. Mas Jorge fica pior que estragado quando Lúcio pede ao rapaz as impressões digitais. Na PJ, tiram as impressões digitais ao rapaz contratado por Jorge para se passar por Zé Maria e Jorge, através do auricular, ordena ao rapaz que arranje maneira de sair dali. Jorge pede ajuda a Arnaldo por causa das impressões digitais. Arnaldo contrata Sérgio para lhe fazer o serviço. O Impostor Jorge consegue escapar. Lúcio fica transtornado ao saber que o rapaz fugiu. Jorge fica incrédulo ao saber que apareceram dois Zé Marias na PJ. Lúcio recebe o resultado das impressões digitais, revelando que o rapaz que fugiu está morto há anos e que o verdadeiro Zé Maria é aquele que Miguel contratou.
Episódio 56 (49 min)
Jorge garante a Arnaldo nada saber sobre os dois Zé Marias. Lúcio diz a Joaquim e Gonçalo que não está convencido da história do verdadeiro Zé Maria. Miguel festeja o sucesso do seu plano. Miguel fica interessado ao ouvir os PJ dizer que Zé Maria tinha a herança da mãe para receber. Salvador sofre um acidente. Bia e Mónica decidem ir para o Brasil. Edu fica furioso com Laurentino por ter colocado a vida de Salvador e Valéria em perigo. Bia e Mónica chegam à fazenda. Bia fala com Inês ao telefone, que lhe diz que o verdadeiro Zé Maria vai dar uma entrevista no dia seguinte. Jorge diz a Bia que há o dedo de Miguel na história dos Zé Marias. Bia pede-lhe desculpas por tê-lo acusado de ter dado a entrevista em que denunciava Miguel. Miguel tenta seduzir Vera e comemora a notícia no jornal, em que é ilibado por Zé Maria.
Episódio 57 (49 min)
Lúcio procura pistas sobre a miúda que ajudou Zé Maria há 15 anos. Valéria mostra a Laurentino e Edu a conversa que gravou de Jorge com o engenheiro. Amanda liga a Jorge, dizendo que vai revelar à polícia que o Zé Maria que ilibou Miguel é um impostor. Lúcio vê o carro de uma miúda em imagens de arquivo da rua dos Magalhães, interrogando-se se é a miúda que procura. Salvador diz que Jorge vai modificar a produção da fazenda para algo ecológico, deixando Bia orgulhosa. Joaquim recebe Amanda na PJ, que afirma que o suposto Zé Maria é um impostor e pede-lhe que o confronte com ela.
Episódio 58 (49 min)
Os amigos empanturram Henrique de doces para evitar que ele saia do hospital. No Brasil, Jorge tem de ir a Manaus e Bia vai com a mãe e o irmão a uma aldeia perto da fazenda. Laurentino vê Bia e fica fascinado com ela. Lúcio diz a Joaquim que o carro da rapariga que ia estacionar à porta dos Magalhães pertence a Miguel. Lúcio vai ter com Miguel e descobre que a miúda do carro era Bia. Lúcio pergunta a Miguel se era só Bia quem usava aquele carro e Miguel fica a saber que o carro de Bia estava em casa dos Magalhães quando tentaram matar Zé Maria. Miguel comenta com Otelo que é muito estranho a filha estar em casa dos Magalhães naquela altura. Bia e Jorge decidem apressar o casamento e unir-se pelo civil mal cheguem a Lisboa.
Episódio 59 (51 min)
Mónica conta-lhes do estado de saúde de Henrique e ponderam voltar de imediato. Um jornalista procura Jorge na fazenda, pedindo-lhe que comente o facto de vender soja transgênica como se fosse biológica. Miguel joga padel com Vera e acaba por beijá-la. Vera cessa o beijo com Miguel, mas ele afirma ter direito a um prêmio de consolação. Ao queixar-se de fome, Vera convida-o a ir com ele. Jorge discute com Brito Júnior e envolvem-se à pancada com Jorge a tentar roubar-lhe o telemóvel. Nenem e Bia tomam cinta do ferimento de Jorge, que é evasivo nas respostas a Jorge sobre aquele homem. Padre Sebastião fala com António e pense bem na renovação dos votos de casamento.
Episódio 60 (50 min)
Edson segue Valéria até casa de Laurentino e conta a Jorge, que fica fulo. Jorge expulsa Valéria da fazenda, dizendo saber que foi ela quem gravou a conversa com o engenheiro. Jorge diz a Valéria que não a quer mais ali e gera-se grande confusão na fazenda, com Jorge a acusar Valéria de estar feita com Edu e Laurentino.
Episódio 61 (49 min)
A cantora April Ivy dá um concerto à gafieira. Rita vai com a filha e Paula rouba-lhe a sua bolsa de edição limitada sem que ninguém veja. Jorge, Bia e a família decidem voltar a Lisboa e Salvador tem de vir obrigado. As provas contra Jorge desaparecem, mas o jornalista publica na mesma a notícia sobre a soja transgênica. Jorge vê a notícia e fica furioso. Alcides avisa Laurentino que o explosivo está pronto e Laurentino diz que Jorge vai finalmente pagar. No jato, Jorge é avisado, pelo comandante, que Edu e Valéria morreram na explosão de uma lancha. Amanda tem medo da reação dos filhos de José, mas ele acalma-a. No jato, Bia vê a notícia no jornal e confronta Jorge, que afirma ser tudo mentira, mas Bia não fica convencida e diz que terminam a conversa depois.
Episódio 62 (49 min)
Os Ferreira da Fonseca reúnem-se para jantar e José anuncia que vai casar novamente. Nenem vai com Jorge ao restaurante de Vera e nota o clima entre os dois. Jorge recebe uma chamada a dizer que havia uma bomba na lancha e afirma que aquilo foi obra de Laurentino. Este chega a Lisboa. Miguel insiste para que José revele quem é a sortuda com quem vai casar e ele acaba por contar que é Amanda, o que deixa Rita e Miguel muito chocados. David diz a Amanda que não aceita o casamento dela com o Velho José. Jorge e Nenem estão muito chocados com a morte de Valéria e Edu. Brito Júnior telefona a Jorge, acusando-o de estar ligado à morte dos dois.
Episódio 63 (50 min)
O padre Sebastião diz a José que ele devia assumir que tem três filhos e não só dois. Miguel inquire Bia sobre o carro e Zé Maria, deixando-a mais desconfiada. Miguel ataca Rita e beija-a. António assiste a tudo em choque. Rita diz que Miguel a tentou violar e António envolve-se à pancada com o irmão. José expulsa Miguel de casa. Mónica diz a José que Miguel e Rita tiveram um caso. Rita manipula António, dizendo-lhe ter sido assediada durante anos por Miguel. Bia diz a Jorge o pai sabe que ela conheceu Zé Maria e tem medo que o pai chegue a ele. Jorge diz que é impossível e nega estar envolvido na morte de Edu e Valéria.
Episódio 64 (50 min)
Laurentino aparece na associação para espanto de Bia. Jorge é notificado pela polícia federal para prestar declarações. António ameaça Miguel e vai ao jornal para contar dos negócios sujos do irmão. Bia fica incomodada com a presença de Laurentino, que se apresenta a Inês com um nome falso. Jorge avisa Bia que a polícia federal anda atrás dele. Gonçalo mostra-se reticente com António, mas Lemos garante que publicará o que ele lhes trouxer sobre Miguel. Nenem vê algo nos búzios que a deixa perturbada. Arnaldo contrata Gonçalo para fazer uma investigação para Jorge no Brasil. David diz a Amanda que se vai demitir do banco por não querer favorecimentos e José fica impressionado.
Episódio 65 (50 min)
Nenem diz a Vera que ela e Jorge têm de ficar juntos, dizendo a Vera que o filho de ambos é uma ligação para toda a vida. Vera diz a Nenem que abortou do filho de Jorge, mas Nenem diz que viu nos búzios que isso não é verdade. Miguel fica transtornado ao saber que a cadela Fénix desapareceu. Lúcio começa a verificar as provas que estavam no caderno de Pezão. David pede demissão a Tomás, dizendo que não pode continuar no banco com a mãe casada com o avô dele. Laurentino visita Jorge, a quem provoca, dizendo-lhe que o próximo escritório dele será numa prisão brasileira. Joaquim rouba as provas a Lúcio. Vera conta a Francisco o que Nenem viu nos búzios. Bia sente-se mal no hospital e, quando chega a casa, vomita sem parar. Arnaldo diz a Jorge que vai fazer marcação cerrada a Laurentino. Miguel fica satisfeito ao saber que Joaquim destruiu o caderno de Pezão.
Episódio 66 (51 min)
Inês apanha Gonçalo com Rita. Mónica vai almoçar com Otelo, que lhe diz que Miguel mantém o caso com a cunhada. Bia vai falar com Jorge para adiarem o casamento, mas ele diz que não aguenta mais estar com uma pessoa que não acredita nele e acaba tudo com ela. Nenem diz a Jorge que ele tem de ficar com Vera, pois viu nos búzios que o filho deles não morreu. Jorge procura Vera, que fica gelada ao ouvi-lo dizer que sabe que ela tem algo importante para lhe contar. Vera diz a Jorge que abortou, exatamente como ele queria. António mostra os documentos que incriminam Miguel a Gonçalo e Lemos, que concordam com a entrevista. Inês e Bia bebem uns copos, onde Inês revela a Bia que o pai dela anda com Vera, deixando-a chocada.
Episódio 67 (50 min)
Margarida vê Henrique no hospital e promete ao filho que o irá buscar. Nenem prepara uma sessão espírita com Jorge para tentar descobrir onde está o filho dele. Gonçalo revela a Miguel os planos de António e Miguel diz a Otelo que tem de silenciar o irmão. Durante a sessão, Nenem diz a Jorge que o filho dele é um rapaz, mas que está doente. Jorge diz a Nenem que tem dificuldade em acreditar naquelas coisas, mas Nenem afirma que o filho dele está doente. Jorge fica perturbado com aquilo tudo. Mónica fica chocada ao saber que Jorge anda com Vera e Bia fica perplexa quando a mãe lhe conta do envolvimento de Miguel com Rita, mas proíbe-a de se meter no assunto.
Episódio 68 (48 min)
António diz a Inês que cometeu um grande erro, mas que agora vai deixar Rita. Miguel encontra-se com Vera, mas está alheada da conversa sem que ele note. Bia procura Jorge, mas ele diz-lhe que é melhor falarem noutro dia. Na manhã seguinte, Vera vai procurar Nenem para falarem. Vera ainda acaba por admitir a Nenem que teve um menino, mas não sabe onde ele se encontra. Nenem diz que não a pode ajudar a encontrar o filho nos búzios. Jorge pede a Arnaldo que tente encontrar o filho dele, mas Arnaldo está perplexo por ter como pista o palpite de uma mãe de santo. Otelo percebe que Miguel está apaixonado por Vera.
Episódio 69 (49 min)
Sol decide devolver a cadela para dar o dinheiro de recompensa a Henrique. O desaparecimento da miúda deixa Gonçalo e Inês em pânico. António termina o casamento, saindo de casa. Nenem procura Jorge e mente que os orixás lhe disseram que o filho dele foi dado para adoção. Jorge diz a Nenem que Vera mentiu e Nenem diz a Jorge para falar com Vera com calma. Vera conta a Padre Sebastião o que fez no passado e ele oferece-lhe ajuda, pois tem contactos na instituição. Sol devolve a cadelinha a Miguel, que lhe entrega os cinco mil euros de recompensa.
Episódio 70 (48 min)
Otelo ordena a Joaquim que acabe com Lúcio. António é entrevistado por Gonçalo e denuncia Miguel. Vera diz a Jorge que abandonou o filho deles e confessa-lhe que ainda o ama. Miguel apanha os dois. Vera beija Miguel e Jorge vai embora. Vera conta a Miguel do filho que abandonou e ele promete ajudá-la. António diz que as denúncias contra o irmão não são pessoais nem têm a ver com o envolvimento dele com Rita.
Episódio 71 (50 min)
Nenem acha que Jorge ainda gosta de Vera, mas ele nega. Vera disfarça a sua satisfação quando Jorge lhe liga a dizer mal de Miguel. Margarida vê Joaquim e consegue fugir dele. Lúcio avisa Hadja e Jéssica que há uma ameaça terrorista contra a gafieira. Bia faz o teste e confirma a Inês que está grávida. Inês tenta acalmar Bia, que diz que não sabe se tem o filho ou não. Miguel surpreende Otelo com Mónica, agride-o e humilha-o.
Episódio 72 (49 min)
A entrevista de António é publicada e provoca escândalo. Rita desmaia ao ver a notícia. José diz a Mónica que têm de tirar Miguel da presidência do banco. Miguel conhece Laurentino na praia. Lúcio pede a António que o ajude a prender Miguel. Este fala ao telefone com Ramiro e fica a saber que António ficou com quatrocentos mil euros do suposto pedido de resgate de Mafalda para pagar uma dívida de jogo. Lúcio diz a António e Jorge que as provas que António lhe está a dar chegam para pôr Miguel por uns bons anos na cadeia.
Episódio 73 (49 min)
Joaquim tenta contactar Margarida, mas sem sucesso. Miguel dá uma entrevista em que denuncia António por se ter aproveitado do sequestro da sobrinha para gastar quatrocentos mil euros no jogo. Bia diz a Mónica que não sabe se há de ter o filho, revelando que Jorge é Zé Maria. Também António fica a saber disso pelo próprio Jorge, que lhe diz que voltou para se vingar de Miguel. Jorge diz a António que a ideia inicial era destruir a família toda, mas mudou de ideias por causa de Bia. Mónica diz a Bia que aquela gravidez pode ser um sinal do destino e que ela deve ponderar bem. Gonçalo conta a história dos quatrocentos mil euros a Lúcio, que vai confrontar António, deixando-o em pânico ao sugerir que ele pode estar envolvido no rapto da sobrinha. Amanda conta a Jorge que vai casar com José. Arnaldo mostra a Jorge uma foto de Miguel e Laurentino juntos, deixando Jorge inquieto.
Episódio 74 (49 min)
Nenem diz a Jorge que pode ver nos búzios o que Miguel e Laurentino andam a tramar. Laurentino faz uma corrida com Bia e acaba por recebê-lo em casa, jantando com ele. Todos se preparam para a festa na gafieira. Tomás convence Bia a ir e Laurentino fica deslumbrado com ela. Lúcio descobre que há terroristas na gafieira e tenta impedir Paula de sair de casa. Ela desmaia numa queda e ele deixa-a sozinha. Durante o show, as luzes acabam por ir abaixo.
Episódio 75 (48 min)
Bia tenta entrar na festa, mas alguém tranca a porta por dentro, deixando-a assustada. Bia e Laurentino estranham o que se passa, enquanto que, no interior da gafieira, todos ficam em pânico ao verem-se sequestrados por terroristas. Rashne e outro terrorista fazem Tomás refém e matam um homem, gerando um clima de terror. Miguel vê as notícias e corre para a gafieira. Jorge oferece-se para negociar as exigências dos terroristas com a polícia. As forças especiais chegam e preparam-se para invadir o espaço. Gera-se grande confusão e David é atingido para proteger Tomás. David é levado para uma ambulância. Bia abraça Jorge, que troca um olhar com Vera, que está abraçada a Miguel. Bia diz a Jorge que o ama, mas este não tira os olhos de Vera, que está abraçada a Miguel. Jorge surpreende-se ao ver Laurentino e mostra-se irônico quando Miguel se aproxima deles. Todos regressam as suas casas.
Episódio 76 (49 min)
No hospital, Amanda descobre que David tem peito de mulher. Miguel confessa a Vera que a ama como nunca amou ninguém. Bia faz as pazes com Jorge, mas logo se chateiam quando ele lhe diz que não quer ter um filho dela. Tomás surpreende Mónica aos beijos com Otelo. José recrimina-se por ter afastado David da sua vida.
Episódio 77 (50 min)
Amanda pergunta a David se ele agora tem peito de mulher. David diz a Amanda que nasceu num corpo de homem, mas que se sente mulher e revela que está a tratar de tudo para a mudança de sexo. Amanda sente-se péssima mãe por não ter percebido o que se passava com o filho antes. Cláudia procura Salvador, que lhe confessa gostar de outra pessoa. Bernardo apanha Cláudia a chorar e agride Salvador. Miguel nega qualquer oportunidade a Otelo no banco, expulsando-o dali. Jorge procura Bia, a quem pergunta se está grávida, mas ela nega e manda-o embora. Bia conta a Inês que mentiu a Jorge. Este diz a António que tem quase a certeza que Bia está mesmo grávida. Jorge fala das suas suspeitas a António e pede-lhe que tente saber alguma coisa junto de Inês. Amanda está chocada com a revelação de que David está apaixonado por Tomás. Laurentino conta a Miguel como Jorge surgiu no seu caminho há quinze anos, deixando Miguel intrigado.
Episódio 78 (51 min)
Bia diz a Inês que aquele bebé vai ser só dela e até é capaz de arranjar outro pai para o seu filho, mas Inês tenta chamar a amiga à razão. Vera procura Jorge e os dois confessam que se amam, acabando por fazer amor. Miguel diz a Joaquim que desconfia que Jorge e Zé Maria são a mesma pessoa. Bia apanha Jorge e Vera a fazer amor no duche. Bia sai do quarto de Jorge, lavada em lágrimas e sem ser vista. Nenem vê Jorge com Vera e fica atordoada. Miguel pede a Joaquim que investigue todo o percurso de Jorge até chegar ao banco. Bia diz a Inês que viu Jorge a fazer amor com Vera. Padre Sebastião fica em choque quando Amanda lhe conta que David se sente uma mulher aprisionada num corpo de homem e acha que o melhor é afastar-se de José. Jorge diz a Vera que precisa de tempo para pensar e fica muito tenso quando Nenem lhe conta que Bia o viu com Vera.
Episódio 79 (48 min)
Jorge vai a casa de Bia para falar com ela e dá de caras com Laurentino, que a foi visitar. Jorge e Laurentino envolvem-se à pancada e Bia expulsa-os de casa, mas os dois continuam a agredir-se na rua e Jorge ameaça dar cabo de Laurentino se este se aproximar de Bia. Vera diz a Miguel que é melhor acabarem e Miguel fica furioso quando percebe que ela o traiu com Jorge. Miguel vai contar tudo a Bia, que mostra desprezo pelo pai e pela atitude deste. Margarida confessa o seu amor ao padre Sebastião e os dois beijam-se.
Episódio 80 (50 min)
Margarida vai embora da casa de Padre Sebastião, indo buscar Henrique, que foge do hospital. Joaquim apanha Margarida e leva-a num carro, diante do olhar desesperado de Henrique. Henrique, desesperado ao ver o carro desaparecer, apanha um táxi e pede que o levem à gafieira. Hadja e Jéssica são avisados que o miúdo está lá e vão ao encontro ele, ficando a saber de toda a história. Bia expulsa Jorge do hospital, dizendo que não o quer mais na sua vida. António e Miguel quase se pegam no hospital, ao ponto de Tomás expulsar o pai dali. António revela a Miguel que vai entregar os documentos que o comprometem ao Ministério Público.
Episódio 81 (49 min)
Miguel pede a Joaquim que vá ao banco para falarem. Joaquim observa o corpo de Margarida que atirou do topo de um prédio. Jorge é procurado por Otelo. Otelo oferece os seus serviços a Jorge, afirmando que foi despedido do banco por causa de namorar com Mónica e Jorge promete-lhe pensar na proposta dele. António expulsa Rita do hospital. Joaquim reluta em matar António, mas Miguel diz que é a única maneira de impedir o irmão de testemunhar contra ele. Padre Sebastião dá a Vera a morada da família que adotou o filho dela. Lúcio é chamado para investigar o caso da mulher que se atirou do prédio.
Episódio 82 (50 min)
Pelas notícias na televisão, Henrique reconhece a mãe. Padre Sebastião chega a casa e encontra apenas um bilhete de Margarida, que o deixa muito assustado. Padre Sebastião sai de casa, levando a carta de Margarida. Vera pergunta a Sofia se não tem um filho adotivo de oito anos, mas ela nega e consegue que Vera vá embora. Padre Sebastião fica a saber, por Lúcio e Judite, que Margarida morreu. Lúcio consegue que Sofia vá falar com ele e fica a saber que Margarida usava uma identidade falsa. Sofia fica em pânico ao ver Joaquim na PJ.
Episódio 83 (50 min)
Joaquim mata Sofia. Jorge e Vera decidem ir a casa de Sofia, mas, quando lá chegam, encontram-na morta. Cláudia grava as declarações de Henrique, para enviarem anonimamente à polícia. Henrique sente-se mal e Hadja pede ajuda a Tiago. Lúcio fica surpreendido ao ver Jorge e Vera no local do crime. David diz a Amanda que vai assumir-se como mulher. Vera desespera por ter perdido a única pista que a podia levar ao filho. Tiago descobre Henrique em casa de Hadja. Bia fica a saber que Mónica namora com Otelo e discute com a mãe. Laurentino conta a Miguel que gosta de Bia e este diz que o vai ajudar a conquistar a filha.
Episódio 84 (50 min)
Vera acaba por discutir com Jorge. Mónica entrega a Bia a sua primeira roupinha de bebé para ela vestir ao filho quando nascer. Hadja pede a Tiago que entregue a pen com as declarações de Henrique à polícia. Bia vê uma notícia no jornal com a foto de Jorge e Vera. Desorientada, procura Jorge a quem exige explicações. Tiago entrega a pen a Lúcio. Gonçalo dá uma pista sobre Margarida a Lúcio e este envolve-se à pancada com Joaquim. Lúcio acaba por ser suspenso. Jorge conta a Bia que Vera teve um filho dele e estão juntos na foto porque andavam a seguir uma pista sobre a criança. Jorge diz a Bia que só soube há pouco tempo do filho, mas que não pode ignorar a sua existência e os dois discutem, com Bia a sair furiosa.
Episódio 85 (49 min)
Miguel pressiona Joaquim para acabar com António. Tiago diz a Mónica que ela não pode avisar a polícia sobre Henrique e a médica exige saber onde o miúdo está. Edson avisa Jorge que ele é arguido na morte de Edu e Valéria. Arnaldo e Jorge vão ao hospital procurar Henrique e ficam a saber que ele desapareceu. No Brasil, Edson descobre Edu vivo num casebre no meio do mato. Bia recusa contar a Jorge da gravidez.
Episódio 86 (50 min)
Joaquim coloca um explosivo no carro de António. Jorge fica a saber, por Edson, que Edu está vivo e ordena ao capataz que o leve para a fazenda e tome conta dele. Bia diz a Inês que tem vontade de contar ao pai que Vera teve um filho com Jorge. Miguel é informado por Joaquim que está tudo preparado para a morte de António. Mónica acaba por guardar segredo sobre o paradeiro de Henrique. Joaquim tenta convencer Padre Sebastião que Margarida era desequilibrada. Bia conta a Miguel que Jorge é o pai do filho de Vera e Miguel finge indiferença. Miguel procura Vera, que lhe pede desculpa por não conseguir gostar dele como ele queria. O carro de António explode. O carro de António está em chamas e é rodeado por populares. Laurentino diz a Miguel que pode contar com ele no negócio. Inês acusa Bia de ter sido infantil por provocar o pai e aconselha a amiga a não mentir sobre a paternidade do seu filho. Uma equipe de televisão instala-se na zona onde o carro explodiu, começando a difundir a notícia.
Episódio 87 (50 min)
O carro é identificado como sendo de António e a notícia da sua morte é confirmada. Rita mal disfarça a euforia ao saber que é viúva. Miguel vê as notícias e cai em pranto, ao recordar períodos da infância e adolescência com o irmão. Miguel recebe a visita de um Agente da PJ, a quem finge estar muito chocado, que lhe que vão fazer um exame de DNA ao que supostamente restou de António. Vera fica a saber da morte deste e corre a dar apoio a Miguel, que chora nos braços dela. Jorge conta a Bia que António morreu quando ia entregar uns documentos que incriminam o pai dela e Bia fica perturbada. Jorge conta-lhe que Edu está vivo. Gonçalo descobre Henrique em casa de Hadja. A família esconde de José a morte de António. Rita celebra a morte do marido.
Episódio 88 (48 min)
Anabela dá os pêsames a José, que tem uma paragem cardíaca ao saber da morte do filho. José é levado de urgência para o bloco operatório. Bia conta a Mónica e Tomás que António ia entregar provas que incriminavam Miguel, mas Mónica não acredita que Miguel fosse capaz de matar o irmão. Miguel interrompe a conversa, mas nada lhe dizem e ele diz que vai contar a verdade ao pai. Gonçalo confirma a morte da mãe de Henrique, que ouve e fica inconsolável. Miguel fica a saber que o pai foi operado e corre risco de vida.
Episódio 89 (50 min)
Jorge aceita que Otelo trabalhe para si e Bia fica desconfiada ao vê-los apertarem a mão para selar o acordo. Bia quer saber o que Jorge falava com Otelo e Jorge revela que Otelo vai trabalhar para ele. Jorge e Bia acabam por se envolver e dormir juntos. Na manhã seguinte, Jorge encontra o teste de gravidez de Bia, mas ela nega estar grávida, deixando-o furioso. Jorge diz a Otelo que ele pode ser o presidente do BBFF e fica a saber que Miguel tem dinheiro enterrado na quinta e um mapa do tesouro. Gonçalo diz a Hadja e Jéssica que deviam tirar Henrique do país para o manter a salvo. José pede a Amanda que se casem ali no hospital. Bia diz a Inês que mentiu a Jorge sobre o resultado do teste de gravidez e Inês censura-a.
Episódio 90 (48 min)
Jorge mostra-se decidido a encontrar o mapa do tesouro de Miguel. Bia pergunta a Inês se quer que ela adie a viagem ao Brasil, mas a amiga afirma que não. Rita diz ao advogado que a melhor maneira de garantir o seu futuro é o sogro morrer. Amanda aceita o pedido de José e os dois casam no hospital, tendo o padre Sebastião como testemunha. Hadja diz a Gonçalo que tem uma ideia para tirar Henrique do país. Os dois pedem ajuda a Mónica. Esta pergunta a Otelo se Miguel pode ter mandado matar António.
Episódio 91 (51 min)
Gonçalo entrega Henrique a Bia que o vai levar para o Brasil. Rita simula estar muito feliz com o casamento de José e Amanda, mas, depois, diz a Bernardo que vai arranjar uma maneira de anular o casamento do avô. Joaquim confessa a Judite que matou Margarida para a proteger. Jorge viaja com Bia e Henrique para o Brasil.
Episódio 92 (48 min)
Jorge, Bia e Henrique chegam à fazenda, Edu não se lembra de nada. Joaquim vasculha a casa de Hadja, mas não encontra Henrique. Hadja e Jéssica decidem reabrir a gafieira e ajudar os refugiados. Nenem fica a saber que lhe restam seis meses de vida. Miguel fica satisfeito por ser o novo dono do jornal. Laurentino vê com os próprios olhos que Edu está vivo. Laurentino diz que o ideal seria acabar com Edu. Joaquim é interrogado sobre o chefe, a quem mente, dizendo que estava com Judite na hora em que Margarida foi assassinada. Joaquim pede a Judite que o ajude. Bia, por insistência de Edu, acaba por lhe revelar que tiveram um envolvimento fugaz.
Episódio 93 (50 min)
No hospital, Miguel provoca uma crise em José por causa do casamento deste e Mónica acusa o marido de ser um monstro, questionando-o se seria capaz de a mandar matar. Laurentino diz a Edu que foi Jorge quem o mandou matar. Bia monta a cavalo para despistar Jorge por causa da gravidez, mas acaba por cair do cavalo. Jorge manda preparar o helicóptero para levar Bia ao hospital. Bia acorda e não quer ir, mas Jorge fala-lhe da gravidez, que ela acaba por admitir, e vai com Jorge. Laurentino diz a Edu que Jorge o mandou matar, colocando uma bomba no barco onde ele ia com Valéria. Mónica diz a Miguel que há-de vê-lo na cadeia. Tomás vai jantar com Catarina e, ao ver um casal de gays no restaurante, mostra todo o seu lado homofóbico, deixando Catarina arrasada.
Episódio 94 (47 min)
Edu recupera a memória. Jorge e Bia reconciliam-se. Edu tenta matar Jorge com uma pá e, para se defender, Jorge atinge Edu com um tronco na cabeça. Jorge e Bia constatam que Edu está morto e Bia, descontrolada, duvida da inocência de Jorge. Este garante-lhe que agiu em legítima defesa. Miguel pede ao seu advogado para anular o casamento do pai. Rita aparece no hospital, para passar o dia com José. Laurentino fica a saber que Jorge matou Edu e liga a Miguel a contar o que aconteceu. Judite mente ao chefe de Joaquim e, depois, pede a Vera que minta para a ajudar, mas Vera fica reticente. Inês diz a Bia que Jorge não é um assassino. Jorge liga a Otelo para o defender. O delegado prende Jorge para desespero de Bia. Jorge é levado pela polícia, deixando Bia devastada. Ao telefone, Otelo diz a Bia que vai para o Brasil, pedindo-lhe que tenha calma.
Episódio 95 (49 min)
Jorge e Edson aproxima-se do Delegado Wellington e de 2 policiais, dizendo-lhe que foi um trágico acidente. Jorge é levado pelos policiais e pelo delegado, enquanto Bia chora convulsivamente, sendo animada por Edson, que afirma a inocência do patrão. Rita põe veneno na sopa do sogro. Amanda agradece a Rita ter tomado conta de José. José tem uma nova crise cardíaca, sendo socorrido por Mónica e Tiago.
Episódio 96 (51 min)
Miguel tenta envenenar Vera contra Jorge, revelando-lhe que ele matou um homem. Bia suborna um polícia para a deixar ver Jorge e jura-lhe que vai estar sempre ao seu lado. José pede a Amanda que chame Padre Sebastião ali ao hospital. Rita, por Gonçalo, fica a saber como António morreu e, no restaurante de Vera, acusa Miguel de ser um assassino. Bia entrega dinheiro e um telemóvel a Jorge, garantindo que ele está em segurança. Bia ordena ao polícia que subornou que olhe por Jorge. Este dá dinheiro ao recluso que manda na cela e o recluso dá ordens para que não toquem em Jorge. Rita bate em Miguel e acusa-o de ter matado António, acabando por ser expulsa do restaurante. Nenem diz a Bia que Laurentino é o responsável pelo que aconteceu a Jorge. Bia manda Edson reunir os homens armados. Rita vai à PJ e denuncia Miguel a Joaquim, que se apressa a avisar o banqueiro do que se passa.
Episódio 97 (50 min)
Bia fica em choque ao ver que João e Laurentino são a mesma pessoa. Bia ameaça acabar com Laurentino caso aconteça alguma coisa a Jorge. Miguel avisa Laurentino para deixar Bia fora do ajuste de contas dele com Jorge. Bia pede a Edson que a ensine a usar uma arma. Vera decide viajar para o Brasil. Gonçalo e Lemos publicam uma notícia sobre a morte de António. Miguel manda o advogado demitir Lemos. Otelo chega à fazenda e diz a Bia que o caso é mais complicado do que parecia. Vera e Nenem viajam juntas. Jorge é levado para interrogatório.
Episódio 98 (51 min)
Miguel recebe uma notificação do Banco de Portugal a tirar-lhe a idoneidade para ser banqueiro. Miguel recusa-se a assinar a notificação e liga ao governador do Banco de Portugal, mas fica em fúria por não ser atendido, garantindo a Tomás que ninguém o vai tirar dali. A notícia espalha-se pelo banco. Otelo informa Bia que Jorge vai ter que passar mais uma noite na cadeia. Bia diz a Jorge que Laurentino pode estar por detrás de tudo. Na cela, um bandido reconhece Jorge e acaba morto pelo recluso que o protege. Os reclusos começam a congeminar usar Jorge como refém para se libertarem. José quer que Mónica assuma a presidência do banco. Na fazenda, Bia gela ao ver Nenem chegar com Vera. Vera e Bia trocam palavras ácidas, com Bia a mostrar irritação a Nenem por ter trazido Vera para ali. Jorge é feito refém pelos reclusos, que exigem a sua libertação.
Episódio 99 (49 min)
Mónica pede a Otelo que aceite a vice-presidência e ele promete pensar no caso. Miguel chama Gonçalo ao banco e oferece-lhe o cargo de diretor do jornal, revelando ser o novo dono. Bia fica a saber o que se passa com Jorge. Bia sai com Edson e Otelo para a delegacia. O Delegado faz uma proposta a Vera para salvar Jorge. Edson, Bia e Otelo encontram uma verdadeira chacina na delegacia, e Bia começa a revirar os cadáveres em busca do de Jorge. Bia, desesperada, continua a procurar o cadáver de Jorge. Jorge chega à fazenda, levado pelo Delegado Wellington, que quer que Vera cumpra o prometido.
Episódio 100 (51 min)
José diz a Mónica que fez bem em aceitar ser presidente do banco e ela vai contar a Miguel, que fica em choque. Gonçalo é nomeado novo diretor do jornal. Vera declara-se a Jorge e garante tê-lo salvado, mas Jorge diz que a história deles acabou. Bia chega e Vera fica fula ao saber que ela e Jorge vão ser pais. Nenem expulsa Vera da fazenda. Vera recebe um telefonema do delegado a cobrar-lhe o acordado ou Jorge voltará para a cadeia e não sairá vivo. Jorge fica surpreendido ao saber que Bia ameaçou Laurentino e que está a aprender tiro. Miguel desdenha de Mónica e recusa-se a sair do banco, ficando, mais tarde, a saber que tem as contas congeladas. Vera chega a casa a chorar, com nojo de si própria. Descobre que Bia está grávida e é aconselhada a ir embora. Nenem diz a Vera que ela não merece mendigar o amor de ninguém.
Episódio 101 (50 min)
Jorge fica a saber do mapa do tesouro e manda Arnaldo enviá-lo a uma pessoa. Rita recebe o mapa do tesouro. Rita vai escavar o jardim com Laurinda, ficando eufórica com a possibilidade de encontrar algo. Miguel fica chocado por saber que não pode mexer no dinheiro que tem no BBFF e retira o dinheiro que guarda no cofre. Rita e Laurinda encontram uma mala, cujo conteúdo faz Rita desmaiar. Esta e a empregada encontram mais malas.
Episódio 102 (50 min)
Durante o jantar na fazenda, Jorge faz um discurso sentimental sobre a amizade e Vera mal esconde a raiva ao ver Jorge e Bia de mãos dadas. A sós com Bia, Jorge diz-lhe que sente pena de Miguel. Rita acorda com a cama cheia de milhares de notas. José sai do hospital decidido a resolver as coisas de vez com Miguel. Bia e Jorge ficam tensos ao ver o Delegado Wellington na fazenda.
Episódio 103 (51 min)
O Delegado Wellington fala a sós com Jorge e diz que Vera se sacrificou por ele, o que deixa Jorge atônito, além de ficar a saber que não pode sair do país. Miguel exige a Beltrão que o banco pague a conta do hotel. José expulsa Miguel à força do banco. José manda Beltrão suspender todas as despesas pessoais de Miguel. Paula vê as suas regalias serem cortadas. Amanda muda-se para a casa de José e todos fazem um esforço para ela se integrar, quando aparece Miguel, afirmando que o pai não tinha o direito de cortar nas suas despesas. Miguel vai ao quarto e descobre que o mapa do tesouro desapareceu. Bia corre para o quarto ao perceber quem é Josildo. Jorge vai atrás dela e acusa-o de sempre saber onde ela esteve e nunca a ter procurado.
Episódio 104 (51 min)
Miguel parte o quarto todo em busca do mapa e acaba expulso por Mónica e Tomás. Miguel descobre que o tesouro desapareceu. Rita denuncia-se e Miguel persegue-a com uma pá, ameaçando matá-la. Diante de toda a família, Rita acusa Miguel da morte do irmão e revela que Bernardo é seu filho, para choque de todos. Mónica diz que António a devia ter deixado na casa de alterne onde trabalhava. Bia faz as pazes com Jorge. Miguel é expulso do hotel onde estava hospedado. Tiago critica Vera pelo abandono do filho, mas ela diz que vai reparar tudo, quando aparece Miguel. Vera deixa-o ficar lá em casa e fala-lhe que ele pode usar as suas contas no estrangeiro. Jorge conta toda a sua vida a Bia, revelando-lhe um segredo que a deixa boquiaberta.
Episódio 105 (49 min)
Lúcio recebe uma chamada de um homem, a quem diz que o chefe não sabe que está metido naquela investigação. Joaquim pergunta a Laurentino se Jorge não se apresentou na fazenda como Zé Maria. Jorge e Bia vão a uma cabana nos confins da fazenda. Lúcio recebe uma chamada de Brito a dizer que o carro de Miguel está a caminho de Espanha. Vera fica muito apreensiva com a possibilidade de Judite casar com Joaquim. Lúcio diz a Brito que não podem deixar escapar Miguel. José deixa Bernardo ficar em sua casa, mas Rita passa-se quando sabe disso. Mónica recusa dar a vice-presidência a Tomás. Bia regressa muito abalada da visita com Jorge, mas anima-se quando sabe quem podem ir uma semana a Lisboa.
Episódio 106 (51 min)
Tiago fica encantado com a visita de Catarina ao hospital. Miguel levanta cinco milhões de euros num banco em Gibraltar. Brito avisa Lúcio que pediram a captura de Miguel e que ele será detido assim que ponha os pés em Portugal.Jorge fica a saber, por Lúcio, que Miguel vai ser preso nas próximas horas e avisa Bia do que pode vir a acontecer. Rita tenta arrancar Bernardo à força da casa de José e acaba expulsa por Tomás, depois de insinuar que Tomás se atirou a ela, mas Tomás garante o contrário. Padre Sebastião vai falar com Rita, que lhe conta dos seus tempos de trabalho no bar de alterne.
Episódio 107 (49 min)
Sol vê as fotos de Vera no Brasil e reconhece Henrique, despertando a desconfiança de Vera. Inês confronta Bia com a presença do miúdo. Jorge, ao falar com Bia sobre a história de Henrique, conclui que ele pode ser o seu filho desaparecido. Jorge diz a Bia que bate tudo certo para que Henrique seja o seu filho e que só precisa fazer um teste de DNA, mas pondera não contar nada a Vera, pois ela pode ter abdicado dos direitos de mãe. Nenem fica a saber da suspeita e das intenções de Jorge. Hadja, adormecido, é levado por Cátia e Gonçalo da gafieira, não se lembrando de nada no dia seguinte, enquanto Cátia exulta ao ver as fotos que vão ser capa do jornal. Bia tira uns fios de cabelo a Henrique. Vera vai falar com Guilherme sobre o amigo, mas ele diz que Sol
Episódio 108 (48 min)
Jorge e Bia despedem-se de Henrique. Miguel é preso à chegada a Lisboa. Mónica arranja maneira de Vera ir embora do quarto de Guilherme, mas Vera diz a si mesma que não a enganam. A notícia da detenção de Miguel espalha-se rapidamente. Na PJ, Vera e Bia trocam ameaças, ao ponto de Bia dizer que encontrará o filho de Vera e não deixará que ela lhe toque, levando Vera a apertar-lhe o pescoço. Miguel passa a noite na PJ e, no dia seguinte, Lúcio e Brito dizem que podem começar o interrogatório pela morte de António.
Episódio 109 (49 min)
Mónica é nomeada presidente do BBFF. Laurentino mostra a Joaquim uma foto que comprova que Jorge e Zé Maria são a mesma pessoa. Joaquim diz que Miguel estava certo quanto às suas suspeitas sobre Jorge. Miguel é levado para ser presente ao juiz. Inês recebe uma carta do tribunal a informá-la que, ou permite o tratamento da filha, ou perde a criança. Inês decide fugir com a miúda. Hadja desespera com a capa do jornal e Jéssica, quando vê a notícia, pede o divórcio.
Episódio 110 (39 min)
Bia vai a casa da mãe e abraça Salvador com emoção e entrega a Salvador uma carta de Aparecida. Bia entra no quarto dos pais e abre uma gaveta, donde tira caixas com as suas roupas de bebé, bem como dos irmãos, sorrindo de felicidade e saindo com as caixas. O carteiro entrega uma carta registada a Inês, que a abre e constata que Rodolfo moveu um processo contra ela, acusando-a de negligenciar o tratamento de Sol. José não permite que Mónica pague a caução de quatro milhões de euros para Miguel para sair da prisão preventiva. Jorge concorda e, quando desliga, o gabinete é invadido por Laurentino, que diz a Jorge que já sabe quem ele é e que não vai deixá-lo levar o seu plano até ao fim, mas Jorge diz que Laurentino está enganado e que o pode esclarecer, inventando que precisa de ir buscar uns documentos que sirvam de prova, para assim aproveitar e trancar Laurentino no seu gabinete. António está vivo e a viver na cabana da fazenda. No gabinete da PJ, Lúcio diz a Jorge que ele tem cinco minutos e, instantes depois, Miguel é colocado dentro do gabinete, ficando surpreendido ao ver Jorge, que lhe diz que têm de conversar. Jorge revela a Miguel que é Zé Maria e conseguiu vingar-se, mas Miguel diz que aquilo ainda não acabou.
Você também pode gostar